Home André Coelho

André Coelho

PELO RIM, PORQUÊ PELO RIM, PORQUÊ

Interesse na investigação clínica, farmacoepidemiologia e estudos de utilização de medicamentos.

O desenvolvimento farmacológico nas últimas décadas tem prestado um contributo inquestionável não só no aumento da esperança média de vida da população, mas também e sobretudo, numa maior qualidade de vida particularmente relevante em situações como a doença renal e a transplantação renal. No entanto, como Everett Koop disse: “os medicamentos não funcionam em doentes que não os tomam”. Por essa razão, é fundamental que o doente renal tenha o maior conhecimento possível sobre os medicamentos que lhes foram prescritos, incluindo as reações que os mesmos podem induzir e o leque de interações que estabelecem com outras moléculas e com o próprio organismo. Com isso, o uso racional do medicamento é estimulado e a efetividade farmacológica potenciada.

FORMAÇÃO

  • Licenciado em Farmácia pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL).
  • Mestre em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública.
  • Doutorando em Investigação Clínica na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa.

EXPERIÊNCIA

  • Coordenador da área científica de Farmácia da ESTeSL.
  • Colaborador no Departamento da Qualidade na Saúde da Direção-Geral da Saúde.
  • Membro do EuroDURG (The European branch of the Special Interest Group for Drug Utilization Research) da International Society for Pharmacoepidemiology.
  • Docente do mestrado em Farmácia e Química dos Produtos Naturais do Instituto Politécnico de Bragança e Faculdade de Farmácia da Universidade de Salamanca.

[td_block6 autors_id=”5″ custom_title=”ARTIGOS” ajax_pagination=”load_more” limit=”3″]