Excesso de peso em hemodiálise

A importância de manter um estado nutricional adequado

 

Apesar de, nos doentes em hemodiálise, o excesso de peso estar associado ao aumento da esperança de vida, também tem sido associado a pior qualidade de vida, na vertente física e também na vertente mental. Possivelmente o modo de conciliar estes dois factos é, nos doentes com obesidade ou excesso de peso, promover um aumento do tecido muscular (músculo) em detrimento da do tecido adiposo (gordura). Assim pode até manter o seu peso, mas reduzir um (ou dois) números na sua roupa. Se está em lista de espera para transplante e tem obesidade ou excesso de peso também pode haver recomendação para reduzir o peso.

Aparenta ser difícil de conciliar a dieta para a obesidade com as recomendações para a hemodiálise, mas há dicas que pode usar:

  • Faça refeições mais pequenas e frequentes.
  • Escolha carne limpa de gorduras visíveis.
  • Confecione com pouca gordura.
  • Opte por assados sem molho, cozidos, grelhados, mas modere a gordura no tempero (1 colher sobremesa é geralmente suficiente).
  • Escolha legumes com menor teor de potássio para acompanhar o almoço e jantar e coza-os utilizando a técnica de espoliação de potássio.
  • Se ingere habitualmente produtos lácteos, substitua-os por outros magros.
  • Se tem valores de fósforo elevados, as refeições intermédias devem ser pobres neste mineral ou acompanhadas com quelantes.

 

Para ajudar a perder peso faça pequenas atividades físicas diariamente:

  • Evite utilizar o elevador (pelo menos, 1 ou 2 andares).
  • Dê pequenos passeios.
  • Deixe o carro um pouco mais longe do seu destino.
  • Arrume o comando da televisão (ainda se lembra como era?).
  • Dê uma volta ao quarteirão depois das refeições.

 

O aumento de peso excessivo entre sessões de hemodiálise reflete elevada ingestão de líquidos e pode conduzir à hipertensão arterial, hipertrofia do ventrículo esquerdo e cardiopatia congestiva.

O seu peso à entrada da hemodiálise deve ser entre 3% a 4% superior ao peso seco (à saída da sessão anterior), o que traduz uma alimentação suficiente sem demasiados líquidos.

Se está em lista para transplante deve atuar já, de modo a não comprometer a saúde do enxerto renal, mantenha o aumento de peso entre sessões de hemodiálise nos valores indicados.

 

Não esqueça que o seu estado nutricional se reflete na sua saúde e também na sua qualidade de vida. Trate de si, com carinho.

 

 

Imagem de Cyril Saulnier via Unsplash