O Dia Europeu dos Antibióticos é comemorado a 18 de novembro e trata-se de uma iniciativa do European Centre for Disease Prevention and Control (ECDC), à qual Portugal adere todos os anos, disponibilizando informação aos profissionais da saúde e aos cidadãos e realizando sessões de esclarecimento.

 

O Dia Europeu dos Antibióticos é uma iniciativa no domínio da saúde pública que visa sensibilizar para a ameaça que a resistência aos antibióticos representa para a saúde pública, bem como promover o uso racional de antibióticos. O uso de antibióticos de forma responsável e eficaz é um dos apelos desta data.

Dados recentes confirmam que na União Europeia está a aumentar o número de doentes infetados por bactérias resistentes e que a resistência aos antibióticos constitui uma grave ameaça para a saúde pública. O uso racional de antibióticos pode ajudar a travar o aumento da resistência bacteriana e a manter a eficácia do uso de antibióticos em gerações futuras.

 

Lembre-se que:

  • Se tomarmos antibióticos de forma repetida e inadequada, contribuímos para o aumento das bactérias resistentes aos antibióticos, um dos problemas de saúde mais prementes em todo o mundo.
  • A automedicação com antibióticos não constitui um uso responsável dos antibióticos.
  • Não utilize restos de antibióticos que sobraram de tratamentos anteriores.
  • Não partilhe restos de antibióticos com outras pessoas.
  • Os antibióticos não atuam como os analgésicos (medicamentos para as dores) e não proporcionam o alívio das dores de cabeça, das dores musculares e da febre.
  • Os antibióticos são eficazes apenas contra as infeções bacterianas.
  • Tomar antibióticos contra uma constipação ou uma gripe não lhe traz qualquer benefício: os antibióticos não funcionam contra as infeções virais. Cerca de 80% das doenças típicas do inverno que afetam o nariz, os ouvidos, a garganta e os pulmões são de origem viral e, por isso, a toma dos antibióticos não melhorará o seu estado de saúde.
  • Os antibióticos estão a perder a eficácia a um ritmo que era imprevisível até mesmo há cinco anos. Tal se deva ao facto da utilização de antibióticos ter resultados no desenvolvimento de resistência aos tratamentos por antibióticos pela parte das bactérias.
  • Não utilize antibióticos pelas razões erradas nem incorretamente.
  • Respeite sempre os conselhos do médico acerca de quando e como utilizar os antibióticos de forma responsável, de modo a que estes possam conservar a sua eficácia no futuro.

 

Um sexto dos europeus desconhece que a utilização incorreta de antibióticos torna o seu efeito menos eficaz. Saiba como tomar os antibióticos de uma forma responsável.

 

 

Tome os antibióticos de forma responsável! Manter a eficácia dos antibióticos é uma responsabilidade de todos!

 

Fontes:

 

 

Veja também: