Diabetes e o Rim

 

A diabetes mellitus é uma doença metabólica caracterizada por défice de insulina (ou resistência ao seu efeito), o que se traduz em níveis aumentados de açúcar no sangue (hiperglicémia).

É uma doença crónica, potencialmente grave, que, quando não tratada, pode trazer várias complicações: problemas cardíacos, acidentes vasculares cerebrais, cegueira, amputações ou insuficiência renal. A diabetes é, aliás, a causa mais comum de doença renal.

 

O envolvimento renal, denominado nefropatia diabética, evolui lentamente, sem dar sintomas, mas as alterações aparecem em análises: inicialmente na urina e depois no sangue. Daí que as pessoas que sofrem de diabetes devam fazer regularmente estas análises para detetar atempadamente alterações da função dos rins.

A nefropatia diabética não tem tratamento, por isso, a melhor forma de a evitar é preveni-la! Isso implica um controlo adequado das glicemias e da tensão arterial. Deve ainda haver o cuidado de evitar fármacos que possam ser deletérios para os rins.

Quando os rins deixam de funcionar, o doente diabético precisará de diálise ou de um transplante. Os doentes diabéticos tipo 1 (pâncreas não funcionante) podem ser candidatos a transplantação de rim e pâncreas simultaneamente, o que lhes permite tratar a doença renal e a diabetes.

 

 

A diabetes é uma doença comum, mas nem por isso menos séria. Se é diabético, siga todos os cuidados do seu médico … PeloRim!

 

Imagens:
Diabetes de Practical Cures sob licença CC BY 2.0

SHARE
Previous articleDia de São Martinho
Next articleDia Europeu dos Antibióticos
Ana Farinha
Médica Nefrologista. O apoio e suporte ao doente e à família, para além da atividade clínica, é tão ou mais importante para alcançarmos o nosso objetivo: ajudar a pessoa que vive com doença renal crónica a ter uma vida melhor. Conheça mais...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here