A tuberculose foi provavelmente a doença que inspirou mais artistas: desde a ópera, como La Traviata de Verdi, até à literatura, como Crime e Castigo de Dostoiévski.

À parte do romantismo destas grandes obras, a tuberculose foi, em tempos, uma sentença de morte em doentes muito jovens.

 

Apesar de haver muito menos casos de tuberculose hoje em dia, sobretudo nos países desenvolvidos, esta continua a ser uma doença que não pode ser esquecida ou menosprezada.

 

A tuberculose é provocada pelo Micobacterium tuberculosis e afeta mais frequentemente o pulmão, mas o sistema urinário também pode ser envolvido. Nestes casos, pode ser muito difícil de diagnosticar. Deve pensar-se nesta causa em doentes com sintomas urinários, por exemplo: dor a urinar, sangue na urina, etc. em que as bactérias mais comuns já foram excluídas.

O tratamento é fundamental para prevenir as consequências da infeção crónica pelo micobacterium.

 

Em resumo, a tuberculose ainda existe, pode afetar o sistema urinário e o tratamento pode evitar as consequências sérias.

 

 

Veja também:

 

Imagem:
Mycobacterium tuberculosis Bacteria de NIAID sob licença CC BY 2.0