São vários os pratos e alimentos tradicionais da passagem de ano em Portugal, nas suas várias regiões. Existem inúmeras receitas e opções, mas é muito comum a escolha de pratos tipicamente portugueses no Réveillon.

 

Peixe

Prato Bacalhau

O peixe, mais propriamente o bacalhau, continua a ser dos alimentos preferidos para a ceia da passagem de ano. Associado ao elemento água, símbolo da vida, acredita-se que comer peixe na passagem de ano atrai abundância e boa sorte.

 

Carne de porco

Prato de Porco

Os pratos à base de carne de porco serão sempre uma boa opção, sendo um dos mais populares no Réveillon. Como está sempre a andar para a frente e a fuçar para a frente, o porco é visto como um animal de prosperidade. Além disso, o seu alto teor de gordura remete-nos para a fartura e a riqueza.

 

Aves

Arroz de Pato

Passe longe do frango, peru, faisão ou qualquer tipo de ave se quer ter algum sucesso no ano que vem! As aves esgravatam o solo para trás à procura de alimento e, para os supersticiosos, isso indica retrocessos e atrasos na vida. Em caso de dúvida, opte por outros tipos de carnes.

 

Arroz

Arroz

O arroz é uma semente e simboliza a riqueza, a abundância e a fertilidade. Coreia, Japão, Líbano e Dinamarca acreditam que esse é um alimento que traz muita sorte. O Líbano tem ainda uma outra curiosidade, é costume desse povo comer apenas alimentos brancos na noite da passagem do ano.

 

Passas de uvas

Rasins

A uva é a fruta mais conhecida por trazer boa sorte no Ano Novo. As passas são um dos alimentos mais associados à passagem de ano, sendo usadas inclusivamente para pedir desejos, durante as 12 badaladas. Para isso, comem-se 12 passas, uma para cada mês do ano.

As passas de uvas são muito ricas em potássio. Cerca de 100 g (o equivalente a 200 passas) tem 875 mg de potássio. Sendo um alimento desaconselhado, sugere-se a tradição do Brasil com as romãs, pois pode ser uma alternativa com muito menos potássio e com menos riscos.

 

Romãs

Romã

Símbolo de fartura e fertilidade, as romãs estão há muito enraizadas nas tradições da passagem de ano, como representação da esperança no ano novo. É uma planta mágica cultuada em antigas tradições do oriente por ter poderes de atrair riquezas para quem a cultiva.

É uma fruta que tem muitas sementes que simbolizam o nascimento e a abundância.

No Brasil, a tradição manda que se segure três sementes dessa fruta nos dentes à meia-noite, pedindo dinheiro para o ano seguinte.

As sementes devem ser guardadas durante todo o ano, dentro da carteira e envolto em papel branco.

As romãs têm 240 mg de potássio por 100 g. Os três bagos dessa fruta têm cerca de 4 mg de potássio. Aconselha-se a comer o equivalente a ½ romã em substituição de outra fruta crua.

Se tem um quintal ou um espaço disponível, plante uma romãzeira, cuide dela e ela trará fortuna para a sua casa.

 

Vinho

Vinho

O vinho é feito de uvas que por si só já carregam um simbolismo positivo e otimista. Na passagem do ano, faça um brinde ao ano que nasce e beba o vinho em copos de cristal.

1dl de vinho (equivale a ½ copo de vinho) tem em média 110 mg de potássio, por isso, beba com muita moderação.

 

Imagens:
Domingo de Bacalhau de Thiago Bignotto sob licença CC BY-NC-ND 2.0
Rasins de Tadeu russelstreet sob licença CC BY-SA 2.0
Joelho de porco de Paulo Fehlauer sob licença CC BY-NC-SA 2.0
Arroz de Pato de Capitu sob licença CC BY-NC 2.0
Basmati rice de cookbookman17 sob licença CC BY 2.0
Rasins de russelstreet sob licença CC BY-SA 2.0
half of a pomegranate de sharyn morrow sob licença CC BY-NC-ND 2.0
wine / 9 de Daniel Horacio Agostini sob licença CC BY-NC-ND 2.0