Benefícios do exercício físico na doença renal crónica

Infelizmente as pessoas com doença renal podem sofrer de uma variedade de sintomas e problemas de saúde que podem provocar ansiedade, depressão e diminuição da capacidade de desfrutar dos prazeres da vida quotidiana.

Estudos científicos recentes têm demonstrado que ser fisicamente ativo pode ter um efeito benéfico para muitos dos problemas de saúde associados à doença renal.

Três dos principais benefícios do exercício são descritos de seguida.

 

O exercício ajuda a proteger o coração

Provavelmente sabe que ter doença renal aumenta o risco de desenvolvimento de doenças cardíacas. Para cuidar do seu coração, é importante que deixe de fumar e que mantenha a sua tensão arterial e os níveis de colesterol sob controlo.

Para além disso, o exercício regular ajuda a proteger o coração e a mantê-lo em boa forma, diminuindo a pressão arterial, controlando o colesterol, prevenindo a diabetes e melhorando a condição dos vasos sanguíneos.

 

O exercício mantém os seus músculos fortes

Muitas vezes, as pessoas com doença renal sentem-se mais fracas e mais cansadas do que antes se costumavam sentir e os seus músculos tendem a perder tamanho e força. Isso acontece com toda a gente que não utiliza os seus músculos, mas pode ser pior se os seus rins não funcionam adequadamente, devido às toxinas que se acumulam na corrente sanguínea.

Os músculos são realmente importantes para toda a gente, não apenas para os halterofilistas e entusiastas de ginásios, mas também para qualquer um que apenas pretenda ser capaz de se movimentar, subir escadas ou levantar-se de uma cadeira. Os músculos são importantes para a saúde em geral, uma vez que controlam a maneira como o corpo usa o açúcar e a gordura.

Ter bons músculos e usá-los regularmente ajuda efetivamente a prevenir a diabetes e a manter o coração saudável.

 

O exercício ajuda-o a viver uma vida melhor

Se os atuais campeões olímpicos quiserem aspirar a renovar os seus títulos nos próximos Jogos Olímpicos vão ter de manter os seus programas de treino. Se hoje parassem de treinar não teriam a mínima hipótese, porque a sua aptidão física iria diminuir. Este princípio aplica-se a todas as outras pessoas. Não pode ter como objetivo ganhar a maratona ou alcançar um novo recorde mundial dos 100 metros, mas pode certamente ser capaz de pensar em alguma atividade física que seja importante para si – seja a jogar golfe, a levar os seus netos ao parque infantil, a caminhar pelo centro da cidade numa tarde de fim de semana ou a ser capaz de subir as escadas e a cuidar de si na sua própria casa.

Se não se mantiver ativo, a sua forma física irá diminuir exatamente da mesma maneira como a de um atleta, até que atingirá um ponto em que não será mais capaz de fazer aquelas coisas que anteriormente fazia. Todas as pessoas têm a capacidade de melhorarem a sua condição física e de ficarem mais fortes, independentemente da sua condição atual. Na verdade, quanto mais baixa for a sua condição física, mais rapidamente irá sentir os efeitos de iniciar um programa de exercício físico regular.

 

 

 

Imagem:
Jumping de Erin McGuire sob licença CC BY-NC-SA 2.0

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here